BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Pré-conceito juvenil

A maioria das pessoas, principalmente os jovens, já passaram por algum tipo de discriminação, seja pela cor da pele, pela tipo físico, religião, entre outros.
Os jovens sofrem a maior parte das discriminações, porém são também os maiores discriminadores.E isso assusta, será que são os próprios jovens que acabam buscando, de alguma forma, a sua própria discriminação?
Essa semana foi notícia em muitos telejornais a ação de grupos neonazistas, skins reds e outras gangues preconceituosas. Esses grupos são formados na maioria por adolescentes, que ao meu ver são verdadeiros monstros, já que muitas vezes além de humilharem a pessoa, ainda espancam e por vezes matam, quando não fazem os três!
Mas de quem é a culpa?Acredito que são vários fatores que contribuem para a conduta desses verdadeiros débeis mentais. Muitas vezes o exemplo vem de casa, da educação de pais preconceituosos, que acabam passando a mesma visão de mundo para o filho. Outro fator, é as companhias, os amigos, que muitas vezes influenciam na personalidade.Por vezes a mídia influência também de forma negativa, pregando modelos de perfeição. E o governo, por muitas vezes deixar impune atitudes como essas.
O que todos nós devemos sempre ter em mente, é que Aquele lá de cima,nós fez todos iguais. Podemos até ter alguma diferença física ou pessoal, mas quando morremos somos todos um bando de ossos, que não tem nenhuma diferença.
E afinal, viva as diferenças!Seria muito chato viver num mundo onde só houvesse pessoas como nós.

12 comentários:

Natália disse...

Me discriminam só pqe eu sou preta HAHAHAHA

Diretamente nunca passei por isso, ou não percebi! beijos

Bella Nogueiira disse...

Hoje tivemos aula de história sobre o Fascismo e Nazismo, e o professor falou sobre os skin heads, muita loucura.

Sem necessidade TOTAL.

Eles acham que ainda vivem naquele tempo e por incrivel que pareça Juh, muitos fazem mas nem sabem ao certo pq fazem. Os Skinheads do Brasil consideram sub raças os negros, nordestinos, gays e tals, porém aqui em Alagoas tinha um cara moreno se dizendo Skinhead, só pra vc vê, ele Nordestino e bem moreno, ele se dizia Skinhead pq se o que ele acreditava ser sub raça era a própria raça dele?!

o.O

Galerinha meio que sem juizo

:s

Beijos ;*

[bellanogueiira.blogspot.com]

/carla disse...

Na verdade nunca sofri nenhum tipo de preconceito mas convivo com pessoas que discriminam e simplesmente não as suporto! ;*

Bami disse...

Que graça teria o mundo se todo mundo fosse igual, a beleza tá nas diferenças. De que importa se vc é negro ou branco, pobre ou rico? O importante é o que vc leva no coração.
Lindo aqui!Tõ seguindo.
Bjooss

Erica Ferro disse...

Oi, Jujuba, haha!

Tudo bem? Que bom te ver lá no Sacudindo Palavras, viu? ^^

Bom, esse negócio de preconceito é deveras complicado, cara. As pessoas se acham no direito de discriminar e menosprezar outras, e eu fico me perguntando o por quê. Ninguém é melhor do que ninguém. O que nos faz melhores é o que levamos dentro do coração. Uma pessoa de coração e alma se torna melhor, não fisicamente, mas sim em termos de humanidade, do que uma pessoa má e de alma obscura e sentimentos obscuros.
Nós nos fazemos melhores ou piores.
Que tenhamos, também, a convicção de que todos, apesar das diferenças, somos iguais em direitos e deveres. Que todos, de fato, temos muito para ensinar e para aprender.

E, sim, o mundo seria chato e sem graça se todos fossem iguais.
Ainda bem que há as diferenças.

Beijo.
Tô te seguindo também!

Juliano disse...

Também acho que tem diversos fatores que implicam no mesmo final, mas a mídia é de mais, o povo brasileiro é totalmente manípulavel..

Beijoooos gostei muito daqui viu..

Beijujubas! :D

Mih Azeredo! disse...

Gostei...os pais influenciam bastante,mas eu acho que a escola enfluencia mais ainda...

Mustafa Şenalp disse...

Çok güzel site. :)

Tatá disse...

Teus posts transbordam sinceridade e determinação!
Adoooooooro :)

Babih Xavier disse...

Preconceito é algo tão antigo
tão "atraso de vida"

May disse...

Todo mundo já sofreu de discriminação, mesmo sem ter levado a sério. Eu, por exemplo, passo por isso todos os dias. O jeito é não dar importância, fato.

Babizinha disse...

Aconselho o filme "A Outra História Americana". Atos discriminatórios inconscientes, conscientes! Sabem que estão errando, mas não querem saber as consequências.
"Atraso de vida" [/2]

Obrigada pelo conselho deixado em meu blog e desculpa pela demora em responder!
;*